#céufienanuvem 4


Domingo é dia de (mini) álbum de fotos do céu da semana. O céu ficou predominantemente nublado então foi difícil fazer Aquela foto todos os dias hehe :~ Você pode acompanhar o projeto aqui e no meu instagram. Vem ver as fotos 

segunda-feira, 24/07/17 ☁ Vitória, Espírito Santo//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

terça-feira, 25/07/17 ☁ Vitória, Espírito Santo//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

quarta-feira, 26/07/17 ☁ Vitória, Espírito Santo//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

quinta-feira, 27/07/17 ☁ Vitória, Espírito Santo//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

sexta-feira, 28/07/17 ☁ Vitória, Espírito Santo//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

sábado, 29/07/17 ☁ Vitória, Espírito Santo//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

domingo, 30/07/17 ☁ Vitória, Espírito Santo//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

 Gostaram da seleção de fotos? Qual é a sua favorita?

Chuva de beijos com formato de nuvens, Ingrid  
Instagram: @utopiananuvem  |   Pinterest: @utopiananuvem
Advertisements

Favoritos do mês

Sabe quando você acaba de saber uma novidade muito interessante e quer compartilhar com todo o mundo? Esse post é isso. Separo o que encontrei de mais legal no mês de julho e compartilho aqui com vocês.

Trouxe as melhores nuvens do mês. Nuvens, aqui, sendo as novidades que me deixaram felizes espontaneamente. Quero tornar esse quadro fixo no Utopia na Nuvem para todo final de mês


Os favoritos do mês de julho de 2017 estão abaixo:



☁ 5) Músicas novas (e fase nova) da Kesha: Praying Woman e Learn to let go.

☁ 
6) Trailer: segunda temporada de Stranger Things;
                      segunda temporada de Riverdale;
                      quarta temporada de The 100; (que é uma breve sinopse da série até então)
                      oitava temporada de The Walking Dead.

☁ 
7) Resenha do filme sobre distúrbios alimentares, To the Bone.

E vocês? Tem alguma novidade que viu e deu vontade de compartilhar nas redes (antis)sociais?
Compartilha comigo nos comentários!

Beijos em formato de nuvem, Ingrid 
Instagram: @utopiananuvem   Pinterest: @utopiananuvem

Redes sociais :)

O Utopia na Nuvem é uma extensão de mim. É estranho, mas forçar o uso da rede social azul só porque é o que as pessoas usam e dá certo para elas, não quer dizer que dará para mim.
Tenho que me inspirar e projetar essa nuvem para ser também uma extensão de mim nesse sentido. Nunca senti empatia pela rede azul. Excluí por um tempo, mas voltei por motivos de “mas como a gente vai fazer trabalho se você não está lá?”. Vejo nas estatísticas que raramente as pessoas acessam o Utopia na Nuvem pelo facebook. E isso gerou essa reflexão toda. Percebi que tudo bem não receber feebacks de lá. Tudo bem.

Parando com a rede azul, criei uma conta numa vermelha chamada pinterest. Sempre usei, mas agora a conta é do blog hihih Lá estou compartilhando os doodles, quotes e wallpapers que vocês encontram aqui.

No Flickr, descobri comunidades enormes com apreciadores de nuvens e me senti, finalmente, em casa. Tinha uma conta em 2011, mas perdi o email e criei uma outra em 2015. Comecei a entrar todos os dias (um pouquinho) e as fotos que vejo me deixam tão feliz… Parece que encontrei um lugar onde as pessoas me entendem, sabe? Lá posto as fotos do Anuviar e do projeto #céufienanuvem .

#Céufienanuvem 3//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

A fanpage do Utopia na Nuvem continuará existindo, mas sem posts regulares.

Você conhece o instagram do Utopia na Nuvem? Lá eu posto doodles da nuvem com citações minhas, quotes de outras pessoas e aviso quando tem post novo. 

https://snapwidget.com/js/snapwidget.jshttps://snapwidget.com/embed/414636

Ahhh e também tem o twitter com doodles e os quotes :3 A ideia é que quem não tem instagram, mas tem twitter, por exemplo, receba os conteúdos do blog na mesma forma (:

//platform.twitter.com/widgets.js

Você também já sentiu como se a rede social que todo mundo ama simplesmente não funcionasse para você? :~

Coloquem nos comentários suas contas no pinterest, flickr, instagram e twitter e vamos nos encontrar por lá!

Beijos em formato de nuvem, Ingrid 
Instagram: @utopiananuvem   Pinterest: @utopiananuvem

#céufienanuvem 3



Estou aqui para postar mais um (mini) álbum de fotos do céu da segunda-feira até hoje, domingo. Você pode acompanhar o projeto aqui e no meu instagram enquanto me aconchego e descubro o Flickr 

segunda-feira, 17/07/17 ☁ Vitória, Espírito Santo//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

terça-feira, 18/07/17 ☁ Vitória, Espírito Santo//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

quarta-feira, 19/07/17 ☁ Vitória, Espírito Santo//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

quinta-feira, 20/07/17 ☁ Vitória, Espírito Santo//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

sexta-feira, 21/07/17 ☁ Vitória, Espírito Santo//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

sábado, 22/07/17 ☁ Vitória, Espírito Santo//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

domingo, 23/07/17 ☁ Vitória, Espírito Santo

☁ Gostaram da seleção de fotos? 

Estou usando o Flickr para armazenar as fotos. Você usa também? Deixa nos comentários o seu perfil para eu te adicionar lá :3

Chuva de beijos com formato de nuvens, Ingrid  

Instagram: @utopiananuvem  |  Facebook: @utopiananuvem

To the bone

Não é uma apologia à anorexia.
Não é uma carta de um suicida.
Não é uma forma de se sentir bem por se mutilar.
É uma forma de ver o outro lado.
É uma carta de superação.
É uma apologia à saúde mental.

Espelho da realidade.
Drama.

Os motivos para Ellen (Lily Collins) não comer não aparecem com necessidade de aparecer. Percebi que ela não vê alegria em comer e é neurótica sobre a quantidade de caloria que cada alimento possui. Porque sabe de cor cada uma delas, mas parece não saber o quão magra está. A beira da morte.


Mora com o pai (personagem invisível), a madrasta (que a ama mais do que a mãe -claramente) e a meia irmã.


Fiquei confusa em diversas partes do filme querendo entender o porquê dela não comer. Mas acredito que os motivos são: não ver a vontade de comer e não encontrar propósito na vida. Não achar que a vida vai levar um rumo diferente do que ela está fazendo (morrer porque não come). Não ter vontade de viver.

No começo do filme, ela sai de uma reabilitação porque tratava as outras meninas com comentários maldosos e pessimistas. A madrasta dela encontra o melhor psiquiatra do lugar, interpretado por Keanu Reeves e ele a coloca em uma casa de reabilitação. Uma casa que ela se sente como uma mobília. Ela encontra pessoas que normalmente eu não esperava que fosse encontrar. Pessoas normais. Não necessariamente super magras que nem ela.

Ela tem 20 anos e desenha incrivelmente bem. Por compartilhar suas ilustrações no tumblr, tem uns fãs espalhados por aí. E até mesmo uma história bem macabra com um deles. Com isso o enredo se cria e a dúvida jogada para os últimos minutos é: ela vai realmente se matar de vez (comer só nada) ou vai dar a volta por cima?
☁ Frase destacável: “As pessoas dizem que te amam, mas o que querem dizer é que amam como se sentem por te amar” – Lily Collins na pele de Ellen em To the Bones.

//platform.twitter.com/widgets.jsGostei muito da trilha sonora, dos personagens e de como a temática foi trabalhada. Ganhou fácil 5 nuvens de avaliação. Sendo o máximo 5.

Avaliação: 


To the bone está disponível no Netflix.
E o trailer tá aqui (:


O que acharam da sinopse? Esse é o estilo que vocês gostam?

Beijos em formato de nuvem, Ingrid 

Instagram@utopiananuvem   // Facebook: @utopiananuvem

Anuviar #3 🎡

Terceiro Anuviar apresentado em fotografias.

Auto da compadecida//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

amusement park//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

flor colorida//embedr.flickr.com/assets/client-code.js
beauty//embedr.flickr.com/assets/client-code.js
sunglasses for a cloudy day//embedr.flickr.com/assets/client-code.js
O chocolate//embedr.flickr.com/assets/client-code.js
cold day//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

<a data-flickr-embed="true" data-footer="true" href="https://www.flickr.com/photos/ingridlourenco/36028587756/in/dateposted-public/&quot; title="<img alt="//embedr.flickr.com/assets/client-code.js
texture//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

lov//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

ely//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

A nuvem mais formosa//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

Beijos em formato de nuvem, Ingrid 
Instagram@utopiananuvem   // Facebook: @utopiananuvem

Sociedade Líquido-Moderna

Busca pelo instantâneo
Predomínio do descartável
Vida superficial
Mundo volátil

Perda da: intimidade
          profundidade
          durabilidade das relações.

Ênfase nos laços temporários

Flexível,
sem molde
se move com facilidade
                        como a água.

Sem conservar sua forma por muito tempo.
Juntos por -apenas- IV anos e VI meses. Pares.

Efemeridade dos relacionamentos humanos.
Supremacia das relações virtuais.
Sem sentido porque ela (já) foi embora.

Porque um objeto deplorável é tão mais importante do que ela se ela se vai e dele restam destroços para humanidade? (10/06)
Deixe a internet de lado e aproveite o tempo com as pessoas e não com as coisas.
Se nem o amor cura o ser

A sociedade atual não tem salvação.
Perda de tempo com o que não se cultiva.
Nenhuma atenção para o que realmente importa: relações reais.

Inutilia truncat.

Redes sociais: oportunidade de mostrar o que não é, mas queria ser.
Wannabe
Resumo da desordem e do  ca os
                                               caôs

Buscas constantes para fugir da “solidão”. {que permanecerá infindável no interior.
Esmaece a oportunidade de viver a reflexão.
Perpétua re- re- re- modelagem da identidade que quer mostrar para sociedade.

A representação é nula e passageira
Irreal.
Forma modelada de como quer ser reparada pela comunidade virtual.

É assim que quer ser visto?
Repito: não há quem salve essas ações.
Ficará gravada na memória e na pele. Para sempre.

Antes? tudo direto, simples, bonito, poético.
Depois: tudo estranho, desandado, sem compasso, sem coesão.

O que era poesia virara prosa.

#céufienanuvem 2

Decidi postar as fotos semanais do projeto #céufienanuvem em um post no instagram no último dia, no domingo. Gostei muito de tirar fotos do céu nesta semana porque percebi nas fotos o quão instável (e confuso) o tempo daqui é.

Caso vocês queiram participar, me mandar uma foto do céu do lugar em que mora. Não esquece de colocar na legenda -ou nos comentários- a cidade, o estado e a data em que a foto foi tirada. Se quiser postar no instagram com a hashtag #céufienanuvem fica bem mais fácil o processo =]

Chega de conversa! Vamos para as fotos da semana. 



segunda-feira, 10/07/17 ☁ Vitória, Espírito Santo//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

terça-feira, 11/07/17 ☁ Vitória, Espírito Santo//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

quarta-feira, 12/07/17 ☁ Vitória, Espírito Santo//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

quinta-feira, 13/07/17 ☁ Vitória, Espírito Santo//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

sexta-feira, 14/07/17 ☁ Vitória, Espírito Santo//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

sábado, 15/07/17 ☁ Vitória, Espírito Santo//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

domingo, 16/07/17 ☁ Vitória, Espírito Santo//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

Gostaram da seleção de fotos? O que acharam da instabilidade do céu? 

Estou usando o Flickr para armazenar as fotos. Você usa também? Deixa nos comentários o seu perfil para eu te adicionar lá :3

Chuva de beijos com formato de nuvens, Ingrid  

Instagram: @utopiananuvem  |  Facebook: @utopiananuvem

Ninguém vai ler

Naquela depressão suave de acordar às 6 horas da manhã, o modo aleatório escolhe pumped up kicks
hesito em pular,
“próxima por favor”
porque Afinal, música felizes são para momentos felizes. dias felizes -e nublados, claro- e não esse sol que já mata muitos
Num súbito, fecho os olhos e me imagino já formada e fazendo algo, além do segundo curso que já faço, sei lá doutorado – pós graduação, algo assim
me imagino feliz e parece que já realizei todas as metas (bobas) e parei de cobrar muito de mim
sem ser a pessoa mais ansiosa que conheço
já -é tão mal usada que dá nervoso só de pensar
aquela paz de espírito que habita na pele que
aquela pessoa que serve de musa inspiradora
you’d better run, better run
para o futuro (?) creio eu
aquela necessidade de inventar conexão para tudo
análise literária sem cabeça nem pé


acaba a música e troca para sway

confortavelmente volto para o modo deprê
desço do pedestal e lembro que tenho 731 trabalhos para postar nos avas da vida, o tcc que não faço ideia do caminho que estou seguindo, e além de ter certeza que não existe algo que consiga me sustentar e que goste de fazer, além de escrever mas pera
Além de não saber que doutorado fazer, pós-graduação, enfim. não saber nada é muito ruim


2017/1

Qual música do álbum Melodrama é você? 🎼


Como estamos no mês de julho, e estou de férias (pelo menos em uma faculdade), estou produzindo conteúdos mais leves aqui. Como hoje é dia do cantor, resolvi fazer um post bem divertido com uma cantora que amo 🎤

Estou apaixonada pelo álbum Melodrama. E olha que sou difícil de gostar de muitas músicas de uma vez só, ein! 
Tava com saudades das músicas dela. Pensei: se as músicas fossem pessoas como elas seriam? aí criei o quiz “Qual música do álbum Melodrama é você?” (: Tirei Homemade Dynamite AHAHAHAHA 

Me conta nos comentários qual você tirou!

//cdn.playbuzz.com/widget/feed.js


Caso não conheça a música que tirou, selecionei três abaixo (:


🎼 Homemade Dynamite

🎼 Green Light

🎼 Sober II (Melodrama)


Chuva de beijos com formato de nuvens, Ingrid  

Instagram: @utopiananuvem  |  Facebook: @utopiananuvem