Planner de fevereiro

Olá utopianas! 

Amei a ideia de usar o planner que criei. Tanto que pensei em fazer de todos os meses que estão por vir. Então, sempre que estiver para acabar o mês, terá um planner lindo para download na nuvem esperando por você! Se essa é sua primeira visita no Utopia na Nuvem, veja a fofura que ficou o planner de janeiro ❤


O tema do mês de fevereiro é Folhas. Gosto muito de folhas e há uns 5 anos eu colecionava algumas que encontrava pela vida afora. (Ahh e serve como um ótimo marcador de páginas ). Além do planner mensal, semanal e o wallpaper (que já estou usando faz um tempinho), fiz também uma lista de leituras para você colocar os livros que está lendo e fazer anotações sobre eles. Nessa lista vou colocar também os textos que preciso ler para as faculdades hehe
Gostou? Clica nos links abaixo para ver como as folhas dançam de um jeito majestoso :3


Caso você goste e queira demonstrar que gostou, é só compartilhar esse post com os amigos e comentar sua opinião aqui embaixo que será de bom grato para mim ❤ 




 

Ah e não esquece de compartilhar a foto do seu planner com a hashtag #plannerutopiananuvem. Estou ansiosa para ver vocês planejando o mês comigo! *o*

Beijos em formato de nuvem, Ingrid 

Instagram: @utopiananuvem    // Facebook: @utopiananuvem

Advertisements

Enfim, Cícero! ❤



☁ Sabe aquele brinquedo que você tinha muito apreço e não emprestava para ninguém? A música de Cícero é assim para mim. Compartilho com amigos porque creio que o que é bom é para compartilhar. Mas só para amigos íntimos. Talvez seja por isso que nunca falei dele aqui. Até hoje…

Esse post faz parte da série Turistando RJ. Confira o primeiro post aqui (:

Como dizia, fomos de barca com nossos 2 quilos de alimentos não perecíveis (que garantiam nossa meia-entrada) para o show.

Na Praça XV pegamos um táxi para a Lapa e em poucos minutos chegamos no Circo Voador. A fila estava extraordinariamente grande. Cruzava os Arcos da Lapa e parava no limite da praça, pertinho pertinho da rua. Fiquei apreensiva pensando que deveria estar lá e não procurando algo para comer. Fazia horas que a gente não comia, porque na hora do almoço fomos ao Starbucks beber e comer doce, então a fome se perdeu no meio do caminho. Eu precisava comer para não passar mal. Peguei um churrasquinho de frango empanado. Estava sem fome por isso não comi tudo. Ansiedade.

Comprei uma bebida de morango e fomos para a fila. Foi quando reparei que a fila andava suavemente e que é proibido entrar com bebida no Circo Voador. Bebi rápido e a fila andou tão rápido quanto tive que beber. Mostramos os ingressos, entregamos os dois quilos de comida, fomos revistados. Entramos.
Gostei bastante do ambiente do Circo. Parece que é pequeno para quem vê de fora, mas cabe uma quantidade considerável de pessoas de forma aconchegante. Fechei os olhos e sorri. Pelo simples fato de tudo der dado certo, e de a viagem ter sido realizada com sucesso. Olhei para cima e a nuvem rala sorria comigo. ☁ Os arcos da lapa brilhavam. Subimos as escadas para as arquibancadas, no segundo andar.

Antes do show de abertura teve a festa Yellow Submarine. Tocou Ooh la de The kooks e mais algumas músicas conhecidas. Sentei e guardei energias. Lá pras 23 horas o show de abertura da banda Ventre começou. Foi bacana, o som deles é mais instrumental e gostei das melodias. Mas continuei sentada. Meu espírito de idosa já estava dormindo por muito tempo, e acordada estava alguém bem boba e feliz.

Meia noite (sem certeza porque não fiquei olhando o relógio) Cícero apareceu.

Além do sorriso escancarado em meu rosto, lágrimas escorriam nas minhas bochechas. “Isso é real? Ou será que alguém vai me acordar e vou descobrir que é tudo orquestrado pela minha imaginação?”, perguntava de pé. As mais animadas tocaram primeiro: O bobo, Pra animar o bar e Tempo de Pipa. Eu pulava tanto que parecia querer encostar no céu.  Pensava: poxa… eles poderiam tocar João e o pé de feijão porque a versão ao vivo é encantadora! 

A harmonia me conduziu para o sonho acordado mais feliz que já tive. Cantei todas as músicas. Até a nova “A Deriva” deu pra cantar. Mesmo desconhecendo, por ser inédita, todos se animaram. A música que mais gosto ao vivo (depois de João e o pé de feijão) é De Passagem. Porque os arranjos finais são prolongados e durando mais, funciona como uma fábrica de bem estar. O próximo vídeo é da versão ao vivo de De Passagem ☁ 


Conheço Cícero desde 2011 quando Tempo de Pipa estourou na internet. Fiquei com peso na consciência de não morar mais no RJ para acompanhar os shows. Porque ele frequentemente faz shows por lá. Mas logo aquietei porque esse sentimento me persegue mais do que gostaria (e não gosto nem um pouco).

De repente Cícero anuncia que a banda Cícero (que ele e todos os sorrisos que estavam no palco) se chamará Albatroz ❤ Choro de alegria pela 28378974 vez.

Meu emocional não estava bem e não ligo para isso. Fazia tempo que não me sentia assim. Tão em casa. Digo em casa, porque a voz do Cícero esteve presente em todos os momentos (doces e amargos) e me ajudaram a permanecer fiel a mim mesma.

Reparei quando a galera se cansou (?) e sentou. Mas eu estava no último show da turnê de A Praia e do Cícero sendo Cícero e eu queria aproveitar até o último segundo. Me perguntaram quantas músicas foram tocadas no show e eu não respondi com exatidão. Falei que muitas. 
Depois ~vasculhando o instagram do Circo Voador, descobri que eles tocaram nada mais nada menos do que 20 músicas. Sério, ❤!


//platform.instagram.com/en_US/embeds.jsFiz uma playlist no meu celular e no soundcloud com as músicas que tocaram no show porque quero ouvir para sempre no repeat 


O show foi encerrado com Terminal Alvorada mas a galera pediu “mais um” e eles voltaram e tocaram Ensaio Sobre Ela. De forma espontânea e saltitante um por um foi desbotando até desaparecer. Assim, eles deixaram o palco. No rosto: um olhar comprido de felicidade. Não tirei muitas fotos, nem fiz vídeos porque queria aproveitar o máximo do show e me distraio facilmente se pego o celular ou a câmera.

☁ 01h53: Logo quando acabou saímos e fomos embora.

Para ouvir Cícero, no soundcloud tem várias músicas lindas  Soundcloud Cícero 


☁ 
No site dele tem todos os três álbuns disponíveis para você ouvir onde quiser: Site Cícero

☁ No youtube tem mais dele | Para curtir no facebook 
e para acompanhar no instagram

Enfim, Cícero! ❤ 
Chuva de beijos com formato de nuvens, Ingrid  

Instagram: @utopiananuvem  |  Facebook: @utopiananuvem


Turistando RJ #1

Fiz uma viagem para o Rio de Janeiro na manhã do dia 13 de janeiro. Fiquei em Niterói, bem distante do lugar em que morei por dois anos, distante da Lapa. Separei algumas curiosidades e percepções para compartilhar com vocês neste diário de viagem.

☁ 13 de janeiro, sexta-feira.
Nunca tive superstições. Por isso, voar numa sexta-feira 13 não foi drama.
Fizemos o check-in pelo app da Gol horas antes do embarque. Então pulamos a etapa de ficar na fila esperando.
O avião decolou as 8h30 e pousou no Santos Dumond nove e pouco.
☁ A viagem foi tranquila e as nuvens impecáveis -como só elas conseguem ser- nos acompanharam durante todo o trajeto.


//platform.instagram.com/en_US/embeds.js


Fiz este doodle super fofo no avião –me orgulho muito dele :3


Pegamos uma mini-turbulência, mas olhando pelas fotos parecia tudo bem hehe

Chegando lá percebi que chovia e o céu cinza despertou um sorriso espontâneo no meu rosto.



Pedimos um uber e depois de atravessar a ponte (em 35 min) chegamos no destino. Desarrumamos rapidamente a mala e fomos para o primeiro lugar do itinerário.

☁ Primeira parada do dia: Starbucks

Não sei se vocês sabem, mas aqui no Espírito Santo não tem essa cafeteria que esbanja amor. O que fez crescer minha vontade de conhecer. Além de que vejo trezentas fotos de pessoas estudando no ambiente aconchegante que parece ser o interior da loja. Encontrei uma loja na mesma rua que a gente se hospedou, então depois de uma caminhada de 5 minutos estávamos lá. Foi nessa hora que entendi que iria no lugar durante os três dias ali.
Pedi um frappuccino de Cookies & Cream e um donut de doce de leite  
Bernardo pediu um café Mocha e um donut de doce de leite (:

 Como minha expectativa tava daqui até a troposfera (lugar em que as nuvens se reúnem, que se formam as tempestades) gostei muito do ambiente, mas não tem a graça que pensei que teria. ~Esse é o chato de ter expectativas muito altas. O meu frappuccino senti doce demaaais. Que nem os milkshakes de chocolate que sempre me dão enjoo. O donut é perfeito. Com recheio na medida certa. Próxima parada: shopping!

☁ Segunda parada: Plaza Shopping

Vi que o shopping ficava pertin de onde estávamos e fomos passear por lá. Passamos por lojas gigantes de artigos de papelaria (que eu amo!) e nos lugares de lei –C&A, Renner, Marisa, lojinhas de óculos para provar um por um e fazer caretas. Entramos na Renner e me apaixonei por uma blusa. Comprei, fui no banheiro e troquei na mesma hora. Comprei uma bolsa liiinda que procurava por tempos na C&A e fiquei muito feliz por ter encontrado :B
Depois tiramos fotos numa passagem que tem entre uma parte e outra do shopping.

Mais uma vez a expectativa agarrou meu pé e ficou se arrastando atrás de mim. Desta vez era para conhecer a bendita Forever 21. Sim, aqui no Estado onde moro também não tem essa belezinha. Gostei. Mas não é pra isso tudo. Não chegou nem perto do que pensei que fosse. Como vou em outras lojas ~cea, renner, riachuelo~ desde sempre, a Forever 21 pareceu uma versão mais cara de todos outras. Uma junção de todas elas, com as mesmas costuras, sem nada de uau, bem mais cara. Me encantei com uma calça cinza, provei e como coube perfeitamente, levei. Amo o fator surpresa de estar com um preço, mas quando passo no caixa vai 20 reais a menos ahahaha :p

Magicamente estava escolhida minha roupa para o show. Já estava na mala a roupa que eu havia preparado para ir ao show, mas gostei tanto da calça e da blusa que juntei e pronto (:
Voltamos para o apê.

De banhos tomados e cheirosos fomos para o Circo Voador.
Desta vez, pegamos um ônibus para a barca. Na barca a correnteza nos levou para o Rio de Janeiro.
O próximo post é sobre o show e depois volto a comentar sobre minha passagem pelo Rio ❤
Chuva de beijos com formato de nuvens, Ingrid  

Instagram: @utopiananuvem  //  Facebook: @utopiananuvem

Carta do Fred

Foto: Divulgação Ipram (Instituto de Pesquisa e Reabilitação de Animais Marinhos).
Oi galera!

De tempo em tempo apareço na costa capixaba para apreciar a temperatura maravilhosa e a vista incrível. Desde julho de 2014, para ser mais específico.
Por obséquio, encontro pessoas jogando água em meu corpo e tirando fotos de mim. Não sou fotogênico e fico irritando com toda a atenção. Dizem que é de meu avô que peguei isso. Na verdade, eu não sei. Mas sei que sou assim.

Minha amiga trabalha no Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) e disse que vocês estão ligando para lá querendo saber o meu paradeiro ou “mais informações” sobre mim. Quero avisar que gosto muito do povo capixaba, mas nem eu mesmo sei para onde vou quem dirá os ambientalistas.Minha amiga também disse que sou facilmente identificado por marcas no corpo. São uns tubarões pequenos que fazem isso… Ah e o machucado no lado esquerdo foi tratado pelos meus amigos. Muito obrigado por todo o cuidado!
Achei graça quando fiquei sabendo que meu nome por aqui é Fred por causa do jogador de futebol que ficava parado no campo. Em minha defesa, só estive parado na superfície porque precisava descansar. No mar que é lugar de nadar, ué. Agora, vou pocar fora antes que alguém pergunte de mim (de novo). Sim! O pocar foi porque depois de tanto tempo nas redondezas aprendi um pouco do vocabulário.

Se quiserem, posso escrever mais vezes para contar algumas de minhas aventuras. Não sei se vocês lembram mas em fevereiro de 2016 estourei uma boia de banana. Venho pedir desculpas pelo ocorrido. A boia era do tamanho ideal de uma fêmea de minha espécie, ou era o que eu queria que fosse. Enfim, prometo não fazer isso se vocês não colocarem objetos tão atraentes em minha vista. Combinado? Minha semana de férias por aqui acabou. Lembrando que isso não é um adeus. Eu voltarei!

Agradeço muito o carinho de todos.
Beijos com gosto de polvo (minha comida favorita), Fred.

Planner de janeiro

Olá utopianas! 


Confesso que sou a louca da organização. Sempre no começo do mês eu procuro por planners diferentes para planejar os 30 (ou 31) dias que estão por vir. Neste mês com a empolgação de começo de ano pensei: por que não faço o meu próprio planner? A resposta? Porque sim!

Sai hoje fresquinho diretamente da máquina de ideias o planner mensal, o planner semanal e wallpaper para celular fofinho (até porque eu não deixaria o wallpaper de fora). Como gostei muito do resultado, estou disponibilizando aqui ao invés de ficar só para mim ~ou guardado na gaveta empoeirando.


O tema do mês de janeiro é Nuvens, até porque é o primeiro, e o meu desejo era que a identidade do Utopia na Nuvem estivesse bem caracterizada :B agora deixa de conversa e vê como ficou!


Caso você goste e queira demonstrar que gostou, é só compartilhar esse post com os amigos e comentar sua opinião aqui embaixo que será de bom grato para mim ❤ 

 

Ah e não esquece de compartilhar a foto do seu planner com a hashtag #plannerutopiananuvem. Estou ansiosa para ver vocês planejando o mês comigo! *o*


Beijos em formato de nuvem, Ingrid